quinta-feira, 23 de abril de 2015

Esses 30 truques para manter a casa em ordem

Todos conhecem essa história: você precisa sair correndo de casa e por isso deixar tudo espalhado em qualquer lugar. Quando volta, é que percebe que parece que um furacão passou por ali. Aí nem dá vontade de arrumar e o ciclo da bagunça vai se renovando. A desordem começa até mesmo a afetar o seu humor. Mas a salvação chegou: com esses 30 truques simples você poderá guardar as coisas do dia a dia com facilidade e manter a casa sempre em ordem, guardando tempo e energia para coisas mais úteis e agradáveis. Só pelo número 11 essa lista já valeria.

Este utensílio foi originalmente desenhado para guardar sapatos e pode ser encontrado em lojas de calçados e centros de compras. Serve magnificamente para guardar produtos de limpeza de maneira prática e ordenada. Tudo sempre à mão. Sem ocupar quase nenhum espaço.
nancy acosta
Achar a ponta da fita adesiva é sempre uma tortura que toma preciosos minutos do seu atarefado dia a dia? Um clipe resolve o problema.
Imgur
Cordas elásticas para guardar bolas.
Imgur
Uma caixa de ovos vazia é bastante útil para organizar as pequenas coisas de uma gaveta que, sem ordem, pode se tornar um verdadeiro caos.
Imgur
As coisas do banheiro que você não usa com tanta frequência podem ser guardadas em uma prateleira em cima da porta. Especialmente útil para banheiros pequenos.
Imgur
Dobrar as camisetas e guardá-las verticalmente vai fazer você ganhar bastante espaço nas gavetas. E também fica mais fácil ver qual é qual na hora de escolher qual vestir. Retirar uma sem desdobrar as outras também fica mais fácil.
Imgur
Latas usadas podem ser colocadas em superfícies com imãs.
DIY Hacks
Cestas podem ser usadas também no congelador para organizar melhor e otimizar o espaço.
The Kitchn
Nomear os fios e cabos. Achar a tomada certa ficará bem mais fácil.
different design
Este outro tipo de clipe pode ajudar a organizar os fios da mesa do computador. Principalmente quando você tem um notebook que leva para vários lugares e, quando volta para casa, está aquele emaranhado de fios.
Imgur
Com estes trilhos de madeira é possível guardar caixas no teto!
Andazyari Bo Hamwan
Uma escada pendurada no teto pode parecer algo estranho, mas funciona perfeitamente para pendurar roupas deixando o espaço abaixo livre.
Jamal
Uma tábua magnética funciona perfeitamente para guardar produtos de beleza de maneira organizada.
chilimilli
Cestas penduradas na parede são práticas em vários cantos da casa.
WELKE.
Com braçadeiras que podem ser encontradas em lojas de materiais de construção e potes de vidro é possível fazer uma prática pequena estante de banheiro.
Recicla Ideas Y CREA
Chapinha e secador facilmente disponíveis graças a tubos de PVC.
Pipe Hype
Um revisteiro também serve.
Imgur
Se você colocar os lençóis dobrados dentro das fronhas nunca mais vai ter que ficar procurando as combinações corretas da roupa de cama.
Busy Household
Com a instalação de uma pequena prateleira de metal é possível ganhar espaço no armário da cozinha.
Jasmin's organising tips
Uma barra de imã serve perfeitamente como guardador de facas.
Waypoint Homes
Os produtos de limpeza podem ser guardados também em um cano embaixo da pia.
オシャレな収納術
Uma travessa circular acabará com a briga por espaço nas portas das geladeiras.
Imgur
Como saber que roupas você não usa mais (e poder doá-las para alguém que está precisando mais do que você?). Coloque todos os cabides do armário virados para trás. Toda vez que usar uma roupa, desvire o cabide correspondente. Depois de um ano, doe todas as roupas que ainda estão penduradas em cabides virados para trás.
Imgur
Aquelas sacolinhas penduradas no câmbio não estão dando conta do recado? Um tupperware e um saco plástico podem servir como lixo para o carro.
Imgur
Pinças, cortadores de unha e demais objetos de metais podem ser guardados com a ajuda de um imã para economizar espaço dentro do armário do banheiro.
Imgur
Toda panela merece a tampa correspondente. Como achá-las com facilidade? Com uma pequena estante para tampas.
Imgur
Pequenos passadores de cortina cortados e colocados verticalmente no armário da cozinha também ajudam a economizar espaço.
Imgur
Uma antiga janela pode servir como um sofisticado revisteiro.
Imgur
Se a máquina de lavar ficar em cima uma pequena estante, o espaço abaixo pode ser usado para colocar cestas de roupas.
Imgur
Não espalhe mais um milhão de pulseiras dentro daquela gaveta da bagunça. Simplesmente coloque-as em garrafas!
Hippe tjikkies
Graças a esses truques a vida fica bem mais fácil. Compartilhe essas ideias com seus amigos.
Fonte: http://www.naoacredito.com.br/

quarta-feira, 22 de abril de 2015

PRORROGAÇÃO DOS CONTRATOS DE LOCAÇÃO: A SITUAÇÃO DO FIADOR



O mais comum nos contratos de locação de imóveis urbanos é que o proprietário exija do locatário um fiador, a fim de ter mais segurança do recebimento dos aluguéis. Isso se dá principalmente em razão do que dispõe o art 3º, VII da lei do bem de família (lei 8.009/90):

Art. 3º A impenhorabilidade é oponível em qualquer processo de execução civil, fiscal, previdenciária, trabalhista ou de outra natureza, salvo se movido:

VII - por obrigação decorrente de fiança concedida em contrato de locação.

O bem de família do locatário fica a salvo da execução, mas não se pode dizer o mesmo do bem de família do fiador. Este está sujeita a penhora judicial.

Como se sabe o contrato de locação prorroga-se mesmo após o fim de seu prazo caso o locatário continue na posse do bem (arts. 46, §1 e 47 da lei 8245/91).

A questão que surge é: Prorrogado o contrato tacitamente, considera-se prorrogada também a fiança?

No direito há a regra de que o acessório segue o principal. Assim já que a fiança existe em função do contrato de locação, poderia se entender que este sendo prorrogado a fiança também o seria.

Por outro lado, a fiança é ato de disposição de vontade de uma pessoa, e geralmente gratuito. Assim seria injusto dar interpretação que aumentasse no tempo a obrigação de terceiro que não participou do ato de prorrogação.

Até a 2009 a jurisprudência era firme entendendo da segunda forma.

Súmula 214-STJ: O fiador na locação não responde por obrigações resultantes de aditamento ao qual não anuiu.

Mas a lei 12.112/2009 modificou o artigo 39 da lei de locações, que passou a ter o seguinte texto:

Art. 39. Salvo disposição contratual em contrário, qualquer das garantias da locação se estende até a efetiva devolução do imóvel, ainda que prorrogada a locação por prazo indeterminado, por força desta Lei.

A partir daquela data as fianças passaram a se prorrogar junto com o contrato (o acessório segue o principal).

Pensamos que o legislador não foi nada comedido nessa abordagem e estendeu a obrigação do fiador para além do quanto originalmente avençado.


Fonte: Artigos Jus Navigandi / http://imobsantacruz.blogspot.com.br/

segunda-feira, 20 de abril de 2015

COMISSÃO APROVA PAGAMENTO DE CONDOMÍNIO PELAS CONSTRUTORAS ENQUANTO O IMÓVEL NÃO FOR ENTREGUE AO PROPRIETÁRIO



A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados aprovou, o projeto (PL 1694/11) que transfere às construtoras a responsabilidade por pagar as taxas de condomínio, enquanto o imóvel não for entregue ao proprietário. Conforme o autor, deputado Felipe Bornier (PHS-RJ), o objetivo é evitar que o comprador do imóvel pague pelo uso de espaços aos quais ainda não tem acesso.


Na opinião do relator, deputado Osmar Bertoldi (DEM-PR), a iniciativa equilibra os interesses de construtoras e compradores quanto à negociação de imóvel. “Tudo aquilo que ocorrer antes da entrega do imóvel caberá ao empreendedor imobiliário, tudo o que ocorrer após a entrega fica a cargo do comprador”, explicou.


Culpa do proprietário
Bertoldi defendeu a aprovação do texto, no entanto apresentou substitutivo para incluir a situação em que a culpa pela demora na entrega do imóvel é do proprietário, e não da construtora. Dessa forma, nos casos de inadimplência de parcela do financiamento imobiliário, que resulte em atraso na entrega, por exemplo, a taxa de condomínio será paga pelo comprador.
O projeto altera lei que trata de construção de condomínios e incorporações imobiliárias (Lei 4.591/64).


Tramitação
O projeto tramita apensado ao projeto o PL 5318/13, do ex-deputado Beto Albuquerque, que trata do mesmo assunto. Ambos ainda serão analisados, de forma conclusiva, pelas comissões de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
PL-1694/2011


Fonte: Ag. Câmara de Notícias

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Como aproveitar retalhos de tecido na decoração


Flores, cortinas, bandeirinhas e muitos outros objetos podem ser produzidos com os pedacinhos de pano que sobraram de costuras ou projetos DIY


Shutterstock
Colocou a mão na massa em projetos e não sabe como aproveitar os retalhos de tecido? Saiba que esses pedacinhos de pano podem render belos objetos decorativos. Separamos várias ideias para você se inspirar e reaproveitar o material.

Sabe aqueles detalhes na decoração que podem fazer uma diferença incrível? Colorir interruptores com tecidos é um exemplo.
   
interruptor-Como aproveitar retalhos de tecido na decoração

(Fotos: Reprodução | Pinterest)

Bandeirinhas e enfeites que ficam suspensos complementam variados ambientes, como salas e quartos.





Móveis desgastados pelo tempo também podem receber o material. E você consegue fazer composições muito interessantes com estampas variadas para cada uma das gavetas.



Pufes são peças curingas na decoração – servem de assentos extras em dias de visita e, ainda, acomodam objetos. E retalhos de tecido são ótimos para dar vida a esses móveis.





Tem cabides sobrando em casa? Eles podem ser decorados e usados como suportes para bijuterias e lenços.



Se o número de pedacinhos de pano for considerável, a dica é investir numa cortina personalizada.



Por fim, considere fazer artesanato em tecido. Flores e folhas com diferentes estampas ficam uma graça.

flores-Como aproveitar retalhos de tecido na decoração
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                       Fonte:  http://revista.penseimoveis.com.br/                                                                                                                          Que tal você aproveitar que ja possui essas informações e adquirir um lindo apartamento.
Como esse do Residencial Amazonas.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Saiba como inovar e aproveitar melhor o espaço da cozinha


Investir em armários ou estantes de pequenas profundidades é uma das dicas






Se antigamente as cozinhas tinham lugar secundário e ficavam sempre escondidas, hoje em dia, a realidade é bem diferente. Com a propagação do conceito “gourmet”, que transforma o ato de cozinhar em uma verdadeira atividade social, esses ambientes da casa vêm ganhando cada vez mais espaço nos lares modernos. Levando em conta a tendência de que os imóveis são cada vez menores, esse fator traz ainda mais a cozinha para junto da sala, ou seja, no centro da composição. Por isso, dicas de como aproveitar melhor esse espaço e integrá-lo de forma charmosa ao ambiente social são muito bem-vindas. Vamos juntos descobrir soluções inovadoras?

Foto: AndryaKohlmann – design.concept

Sem dúvidas, aproveitar o espaço disponível da melhor maneira possível torna-se prioridade no cenário atual. Nesse sentido, teria duas dicas para compartilhar com vocês. A primeira seria utilizar armários com pequenas profundidades para o armazenamento de mantimentos e/ou copos e garrafas. Sabe aquele pedaço de parede que divide a cozinha da sala em frente ao fogão, por exemplo? Nele há uma ótima oportunidade de aplicar esse conceito. Com apenas 15/20cm, já é possível ter esse mobiliário. Mas, como nem sempre conseguimos um espaço sobrando na cozinha, essa ideia pode ser levada para a sala também, como é o caso da imagem acima. A pequena profundidade de parede ao lado do acesso na sala foi transformada em uma “cristaleira” embutida, com ares de painel – auxiliando a guardar os itens que normalmente iriam para a cozinha.

Foto: Reprodução | Pinterest

Já a segunda dica seria pensar em bancadas desmontáveis. Uma ideia muito interessante é a utilizada nesse apartamento carioca, publicado na revista Arquitetura e Construção. Apesar de o exemplo ser numa sala de estar, podemos adaptar a ideia para bancadas de refeições na cozinha. Durante o dia, tem-se um aparador com painel para elementos decorativos. Já na hora do almoço ou jantar, o painel torna-se uma pequena mesa.

Foto: AndryaKohlmann – design.concept

Outra dica interessante quando falamos de cozinhas integradas é a possibilidade de separar esse ambiente da sala, quando necessário. Muitos clientes se preocupam em ter uma cozinha integrada – são comuns reclamações como o cheiro de comida que vai para a sala quando se está cozinhando ou sobre os dias em que a pia está cheia de louça e você não quer que um convidado veja a bagunça. Nesse caso, é possível pensar em uma separação móvel, como é o caso da porta de correr/painel do apartamento acima.

Foto: Reprodução | Pinterest

Uma das minhas soluções preferidas para cozinhas é utilizar o próprio granito ou mármore do tampo como revestimento da parede. Como muitas vezes todas as paredes da cozinha são “tapadas” pelos móveis e eletrodomésticos, acaba sobrando somente esse espaço acima da pia necessitando revestimento. Dessa forma, para evitar comprar um acabamento apenas para essa área, utilizar o mesmo padrão do tampo torna-se uma ótima (e charmosa) alternativa. Apesar do granito e do mármore terem um custo relativamente alto, se você considerar o custo do revestimento + material e mão de obra para colocação, o valor ficará bem semelhante e você terá que negociar com apenas um fornecedor.
vegetação-cozinha
Projeto: Samantha Ughini Foto: Andrya Kohlmann

Outra ideia super charmosa é acrescentar vegetação na cozinha. Como cada vez mais as pessoas vêm buscando soluções naturais na hora de se alimentar, os alimentos orgânicos e de origem saudável são a melhor opção. E que tal ter uma pequena horta para plantar os seus próprios temperos e pequenos frutos bem na sua casa? Sensacional, né? Em um texto anterior, falamos justamente sobre isso e separamos várias referências para acrescentar vegetação no seu lar. Dê uma olhada aqui!
cores-cozinha
Fonte: http://revista.penseimoveis.com.br/




           
E que tal colocar essas belas ideias em pratica nessa linda casa no São Joaquim.